Mundo

Casal é condenado à morte por venda de adolescente a bordel na Índia

Reprodução

As investigações ainda não identificaram a localização do bordel e adolescente continua desaparecida

Publicado em 19/05/2022, às 08h37    Reprodução    Redação

A Justiça de Bangladesh, no sul da Ásia, condenou à morte um casal por vender uma adolescente de 17 anos para um bordel na Índia, país vizinho, nesta quarta-feira (18). O caso aconteceu no distrito de Khulna, no sudoeste do país.

De acordo com o portal Extra, os condenados foram identificados como Shahin Sheikh e Asma Begum. Eles atraíram a menina com a promessa de um bom emprego. Mas, na verdade a venderam para um bordel no país vizinho, em 19 de outubro de 2009.

Leia mais:

Dados de voo indicam que avião na China foi derrubado intencionalmente; entenda

Suécia e Finlândia entregam na quarta-feira a candidatura à Otan

Deputado dos EUA afirma em audiência que OVNIs são uma ameaça para a segurança nacional

Os pais da jovem buscaram ajuda da polícia em Khulna e registraram boletim de ocorrência pelo desaparecimento da menor. Sheikh chegou a pedir dinheiro para buscar e devolver a adolescente, aponta as investigações. A garota permanece desaparecida já que os investigadores não descobriram a localização do bordel.

O caso foi julgado no Tribunal de Prevenção da Repressão de Mulheres e Crianças de Khulna.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre