BNews Nordeste

IML aponta causas da morte de homem trancado em carro da PRF em Sergipe; população pede justiça em protesto

Reprodução

Familiares da vítima registraram Boletim de Ocorrência na delegacia de Umbaúba e alegaram que Genivaldo sofria de transtornos psicológicos

Publicado em 26/05/2022, às 11h37 - Atualizado às 11h45    Reprodução    Redação

O Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe divulgou as causas da morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, ocorrida durante abordagem de policiais rodoviários federais, no município de Umbaúba. Segundo o IML, ele foi foi vítima de asfixia mecânica e insuficiência respiratória devido à atuação dos policiais. O homem estava em uma motocicleta quando foi parado, imobilizado e colocado no porta-malas de uma viatura com gás. O caso aconteceu na quarta-feira (25).

O caso ganhou repercussão nacional após uma série de vídeos serem viralizados nas redes sociais demonstrando suposta truculência na abordagem policial. Nas imagens, é possível ver Genivaldo imobilizado e sendo colocado no porta-malas da viatura. Além do momento em que um gás, não identificado pelo IML, é jogado no veículo onde o homem estava. O caso aconteceu no município de Umbaúba, Centro-sul de Sergipe. Ao ser encaminhado para a delegacia, os agentes perceberam que Genivaldo estava desacordado. A vítima foi levada para o Hospital José Nailson Moura, onde foi constatada a morte.

Familiares da vítima registraram Boletim de Ocorrência na delegacia do município e alegaram que Genivaldo sofria de transtornos psicológicos. Por isso, durante a abordagem, os policiais encontraram cartelas de medicamentos nos bolsos do homem.

Leia mais:

Homem morre eletrocutado ao tentar roubar fiação de prédio abandonado; outros dois suspeitos são presos

Suspeito é morto com tiro na cabeça pelo próprio parceiro após reação de vítima durante assalto

Desumanidade: Motorista atropela cachorro em posto de gasolina e foge

Em nota, a PRF disse que o homem resistiu ativamente a abordagem dos agentes. O texto diz ainda que, em razão da sua agressividade, foram empregadas técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A PRF lamentou o ocorrido e informou que foi aberto um procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos.

O corpo de Genivaldo, que morreu nesta quarta-feira (25), foi liberado do IML, em Aracaju, por volta das 22h30. O velório ocorre na casa da mãe do homem, no povoado Mangabeira, em Santa Luzia do Itanhy. Ele era casado e deixa um filho.

Manifestação Popular bloqueia BR-101

Um ato em repúdio a ação dos policiais rodoviários federais que acabou levando a morte um homem com problemas mentais, foi realizado na manhã desta quinta-feira (26), às margens da BR-101. Eles bloquearam a rodovia federal, nos dois sentidos. Além de movimentos sociais de Umbaúba, também participam do protesto também integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

A rodovia foi fechada com pneus, que estão sendo queimados durante o ato. “Os policiais assassinaram um trabalhador com problema mental. A CUT foi convocada e nós cumprimos o nosso papel, de mobilizar. A BR está fechada nos dois sentidos. A CUT está presente para defender a classe trabalhadora, não importa aonde”, disse Professor Dudu, dirigente da CUT Sergipe.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre