BNews Nordeste

Pré-candidato ao governo do Estado de Sergipe é condenado e fica inelegível

Arquivo Pessoal/Reprodução

Por abuso de poder ecpnômico ex-prefeito de Itabaiana fica inelegível

Publicado em 23/06/2022, às 13h24    Arquivo Pessoal/Reprodução    Redação BNews

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, encerrou o julgamento do processo de abuso de poder econômico contra o ex-prefeito de Itabaiana (SE) e atual pré-candidato ao governo estadual, Valmir Francisquinho (PL), e o s eu filho, o deputado estadual, Talysson de Valmir (PL). 

Leia também:

Quadrilha junina que fazia homenagem à Santa Dulce é interrompida por secretária: "macumba"

Caso Genivaldo: PRF põe sigilo de um século em processos contra agentes

Macaco é flagrado amolando faca em cima de prédio comercial no Piauí; veja

O relator do processo, Sérgio Silveira Banhos votou pela inelegibilidade de Valmir, bem como os ministros Nunes Marques e Mauro Campbell Marques e o presidente do TSE, Luiz Edson Fachin. Com o resultado, Valmir de Francisquinho está inelegível pelos próximos oito anos. 

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre