Polícia

Jovem desaparecida é encontrada com nome do ex-namorado tatuado no rosto

André Bias/TV Vanguarda

De acordo com mãe da jovem, essa foi a terceira vez que o ex-namorado da filha teria tatuado o nome dele na vítima

Publicado em 22/05/2022, às 19h17 - Atualizado às 19h19    André Bias/TV Vanguarda    Redação BNews

Desaparecida desde o último sábado (21), uma jovem de 18 anos foi encontrada com o nome do ex-namorado tatuado no rosto, no município de Taubaté, interior de São Paulo. De acordo com o Uol, a ocorrência do desaparecimento da moça foi registrada pala mãe da vítima.

Leia mais:
Homem morre em confronto com a PM em Valéria; armas e drogas foram apreendidas

Mulher negra é acusada de roubo, passa mal e desmaia em shopping de Salvador; família acusa loja de racismo

O ex-namorado da jovem, de 20 anos, não teve a identidade revelada, mas já chegou a ser detido por descumprir duas medidas protetivas, de 2021 e de 2022, ao ter contato com ela. Segundo relatou a mãe de moça, essa foi a terceira vez que o ex-namorado da filha teria tatuado o nome dele na vítima. O homem passará a ser investigado pela Delegacia da Mulher. 

A mãe relatou, ainda, que a jovem saiu de casa na sexta-feira (20) para ir à escola, mas até as 22h não havia retornado para casa. “Pela manhã, fui até a rua do rapaz e vi minha filha dentro do carro. Voltei para casa e quando cheguei aqui já a encontrei tentando tapar a tatuagem com maquiagem porque tinha de ir trabalhar. Ali eu desabei", afirmou a matriarca aos prantos. 

A mãe também acusa o homem de ter agredido sua filha, após a garota resistir à aplicação da tatuagem. Além disso, a mulher aponta que o ex-namorado da jovem chegou a obrigá-la a gravar um vídeo autorizando a tatuagem. "Minha filha falou que gravou com medo de algo pior acontecer", detalha mãe da moça, que estaria agora com o olho roxo.

O ciúmes seria um dos principais motivos dos desentendimentos entre o ex-casal, que mantinha o relacionamento desde 2019. “No início de 2020, ocorreu a primeira agressão. Desde então, luto para distanciar os dois", aponta a mãe da vítima.

"Ela está com medo, fala em tirar a própria vida. É um caso grave que está acontecendo. Ele fala que se ela não for dele, não será de mais ninguém. Não tenho conseguido dormir. Eu não quero ter que enterrar minha filha", acrescentou a mulher.

A mãe da jovem revelou, também, que chegou a tentar conversar com o rapaz para que ele aceitasse de uma vez por todas o fim do relacionamento dele com a sua filha. “Vai viver a sua vida e nos deixa em paz. Eu tenho as crianças, eu tô grávida. A [nome apagado para proteger a identidade da garota] não quer mais", disse a mulher para o suspeito, conforme mostra um print de uma conversa no WhatsApp, divulgado pelo G1.


O rapaz, entretanto, parece não aceitar o pedido da mãe da jovem e se recusa a continuar a conversa. "Para de mandar mensagem pra mim, por favor. Nada do que você falar ou deixar de falar vai mudar o que eu vou fazer, fechou?", teria dito ele, através de uma mensagem de áudio.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre