Política

Casamento de Lula e Janja: Últimos preparativos incluem celulares vetados e petistas 'históricos' fora da lista, diz colunista

Reprodução / Twitter

Ex-ministro Zé Dirceu está entre aqueles que não receberam convite

Publicado em 18/05/2022, às 09h24    Reprodução / Twitter    Redação

O ex-presidente Lula e sua noiva, a socióloga Rosangela da Silva, fazem os últimos ajustes para o casório. E como todo casal que vai avançar para tal etapa da vida, não escaparam de “desafios” como a formulação da lista de convidados para a festa. No entanto, uma coisa é certa nos bastidores, a ideia é que o momento não seja carregado pela imagem política, mas que possa servir de lembrança para aqueles que mantêm uma relação de amizade com os dois protagonistas do casamento.

Nesse sentido, nomes como o do ex-ministro Zé Dirceu e membros que fazem parte do núcleo de campanha de Lula, a exemplo do coordenador José Guimarães, ficaram de fora de lista e terão que acompanhar a festa pelas redes sociais, ao menos é o que indicam as informações de bastidores divulgada pela colunista Bela Megale, de O Globo, nesta quarta-feira,18.

Apesar do critério mais afetivo para a elaboração da lista de convidados, algumas brechas foram abertas e o número de presentes no evento tão aguardado saltou de 150 para 200 pessoas.  No entanto, nomes ilustres como o do casal Chico Buarque e Carol Proner avisaram que não poderão ir para a festa, pois estão na Europa. Carol dará aulas em Paris e na Espanha e Chico se encontrará com familiares, segundo apuração da colunista.

No âmbito de quem não vai perder a festa, está a cantora Daniela Mercury e sua esposa, Malu Verçosa, que já confirmaram presença. A chef Bela Gil, que indicou a estilista que assina o vestido de Janja, também estará presente. Existe ainda a possibilidade de que os filhos de Lula sejam padrinhos. O casamento será no civil e no religioso. A opção é justificada como uma forma de evitar que amigos sintam qualquer tipo de “desprestígio”. Lula e Janja ainda optaram por abrir mão da lista de presentes.

Leia Mais:

Contratos de escritório de Renan Bolsonaro chegaram a R$ 158 mil

"Ele quer me intimidar, me calar", diz Porciúncula sobre processo aberto por Rui Costa

Assembleia de SP cassa Arthur do Val, que fica inelegível

No momento, aparelhos celulares estão vetados, tanto do staff do evento quanto dos convidados. O convite impresso ainda recomenda que as pessoas mantenham distância dos celulares, revela a coluna de O Globo. Com isso, um espaço será reservado para que as pessoas possam depositar os celulares.

A bebida escolhida para os brindes da festa foi o espumante brasileiro Cave Geisse Brut, que custa em torno de 130,00. A comemoração também vai ter vinho branco Freixenet Sauvignon, em torno de R$ 60 a garrafa, vinho tinto Perro Callejero Blend de Malbec, em torno de R$ 80,00 a unidade, além de cerveja Heineken.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre