Política

Líder da oposição diz que mensagem de Rui 'é um deboche com a cara do povo'

Divulgação / Alba

Sandro Régis (DEM) criticou a mensagem feita pelo governador Rui Costa (PT) durante a abertura do ano legislativo na AL-BA

Publicado em 01/02/2022, às 18h30    Divulgação / Alba    Redação

O deputado estadual Sandro Régis (DEM), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), fez duras críticas ao discurso proferido pelo governador Rui Costa (PT) durante a abertura do ano legislativo na manhã desta terça-feira (1º). Segundo o parlamentar, a mensagem "é um deboche com a cara do povo da Bahia".

Em boicote "ao sucessivo resrespeito de Rui ao Legislativo", a bancada de oposição não compareceu à cerimônia.

Leia também: Rui Costa minimiza ausência de deputados da oposição no início dos trabalhos na Alba

De acordo com Sandro Régis, o governador voltou a repetir promessas não cumpridas e que são "requentadas" frequentemente.

"É um verdadeiro absurdo, um deboche com a cara do povo da Bahia. O governador mais uma vez repetiu promessas, como a ligação Ilhéus-Itabuna, que é quase um conto de fadas que vem desde o governo de Jaques Wagner", criticou.

"Sem falar na educação e na segurança pública. Ele parece esquecer que a Bahia ocupa o último lugar em educação e o primeiro em violência no país. Não custa lembrar ao governador que o ensino médio do nosso estado tem o pior Ideb do país. Agora, às vésperas da eleição, depois de anos só fechando escolas e sem construir novas unidades de ensino, ele anuncia investimentos. Obras completamente eleitoreiras. Educação nunca foi prioridade do PT na Bahia. Como se espera que haja transformação social e redução da violência sem educação? Não à toa, a Bahia tem o maior número de pessoas extremamente pobres no país, e isso antes mesmo da pandemia", acrescentou o líder oposicionista.

O deputado também fez críticas à segurança pública no estado e disse que Rui Costa "transfere a responsabilidade para outras entes".

No discurso, o chefe do Executivo estadual defendeu a nacionalização da discussão sobre o combate à violência.

Sandro Régis ainda reagiu à declaração de Rui de que a a oposição no estado "é aliada" ao governo Jair Bolsonaro (PL).

"É mais uma postura desrespeitosa de Rui Costa, que tenta o tempo inteiro nacionalizar o debate estadual para fugir dos enormes e graves problemas que o governo do PT deixa no nosso estado. Quero dizer ao governador que a oposição é, sim, aliada aos interesses do povo da Bahia, enquanto o PT é aliado dos interesses dele próprio", disparou.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre