Política

PDT quer emplacar Andrea Mendonça no lugar de Fábio Mota na Secult; veja negociação

Gilberto Júnior/Arquivo BNews

Fábio Mota deixará a prefeitura para coordenar a campanha de ACM Neto ao governo da Bahia

Publicado em 10/02/2022, às 20h52    Gilberto Júnior/Arquivo BNews    Eliezer Santos

A direção do PDT tem discutido com o prefeito Bruno Reis (UB) a indicação de Andrea Mendonça para comandar a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) no lugar do secretário Fábio Mota - que deixará a pasta em breve para coordenar a campanha do ex-prefeito ACM Neto (UB) ao governo da Bahia.

A menção de um nome pedetista para a Secult seria uma espécie de compensação à saída de Leo Prates da Secretaria Municipal de Saúde, cuja indicação não foi feita pelo PDT, apesar de Prates ter se filiado posteriormente à legenda.

Conforme o BNews já antecipou, Décio Martins, subsucretário e homem de confiança de Leo Prates, é o nome mais cotado para a vaga.

Assim, para recompor o espaço dentro da gestão, a Secult foi oferecida a Andrea Mendonça, que é irmã do presidente estadual do PDT, o deputado federal Félix Mendonça Jr. Andrea seria apenas realocada, já que ela tem cargo de assessora especial na Secretaria de Governo (Segov).

Procurado pela reportagem, Fábio Mota confirmou sua saída, mas esquivou sobre sua eventual substituta.

“Que eu vou sair, a Bahia toda sabe há muito tempo. Que eu vou para a campanha de ACM Neto, também a Bahia toda sabe. Agora, quando, quando será, e quem vai entrar, só Bruno para responder”.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre