Salvador

Avião que partiu de Salvador para São Paulo é obrigado a fazer pouso de emergência

Foto: Divulgação

Aeronave teve problemas técnicos durante decolagem e foi obrigado a voltar ao aeroporto de Salvador

Publicado em 26/05/2022, às 16h11    Foto: Divulgação    Redação BNews

Passageiros que estavam a bordo de um voo partindo de Salvador, na última terça-feira (25), tiveram um grande susto. o voo AD4914 (Salvador-Congonhas), da companhia aérea Azul, passou por problemas técnicos durante sua decolagem e precisou retornar ao aeroporto de partida. Um dos passageiros detalhou a situação em áudio que circula pelas redes sociais.

“Quando decolou o avião começou a tremer, parecia um liquidificador. Eu estava na fila dois, começou a vir um apito muito forte da cabine, nisso o comandante acelerou muito o avião e ai parou de apitar, mas continuou tremendo. Ele acelerou mais ainda, ai parou de tremer, mas ele ficava acelerando e desacelerando”, diz o homem.

Leia também:

Ainda no áudio, o passageiro explicou como o comandante da aeronave procedeu durante o caso. “Ele ligou os avisos de apertar sinto, abriu o microfone e falou que eles estavam passando por problemas técnicos, uma vibração que eles não conseguiram identificar na decolagem, e que não era seguro eles prosseguirem o voo, e que a gente deveria se preparar para um pouso de emergência”, completou.

A reportagem do BNews entrou em contato com a companhia aérea, que confirmou o caso. Em nota oficial, a Azul ressaltou que o pouso de emergência e o desembarque ocorreram em segurança.

Confira a nota completa da Azul:

“A Azul esclarece que, por problemas técnicos, a aeronave que cumpria o voo AD4914 (Salvador-Congonhas) precisou retornar ao aeroporto de origem nesta terça (25). A companhia ressalta que o pouso e o desembarque ocorreram normalmente e em segurança. Os Clientes foram acomodados em outros voos da própria companhia. A Azul lamenta eventuais aborrecimentos causados, destaca que presta toda a assistência necessária conforme previsto na resolução 400 da Anac e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações.”.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre