BNews Turismo

Conselho Mundial de Viagens e Turismo atesta que mulheres ocupam 54% dos empregos do setor no mundo

Reprodução // IFSC

Estudo do Conselho Mundial de Viagens e Turismo foi feito em parceria com Oxford Economics

Publicado em 09/03/2022, às 12h52    Reprodução // IFSC    Redação BNews

Na semana em que se celebra o Dia Internacional das Mulheres e se reafirma a luta pela igualdade de direitos, o WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo) comemora a participação feminina no cenário mundial da indústria de viagens.

Leia também:

Viva Air lança voos inéditos do Brasil para a Colômbia com preços promocionais
Pedidos de empréstimo para viagem caem 12% após oito meses consecutivos em alta
Passageiros da Itapemirim ficam sem reembolso de passagens aéreas

Segundo um estudo que foi realizado em parceria com Oxford Economics, o conselho salienta que as mulheres são responsáveis por 54% da foça de trabalho do Turismo pelo mundo. Mas, assim como aconteceu com a atividade de maneira geral, a geração de emprego e o poder de empreendedorismo das mulheres no Turismo sofreram com os efeitos da pandemia de Covid-19, segundo o site Pan Rotas.

“As Viagens e Turismo empregam um número maior de mulheres em comparação com outros setores econômicos e essa tendência permanece constante, embora haja variações de acordo com as diferentes regiões”, pontua a presidente e CEO do WTTC, Julia Simpson.

De acordo com a executiva, embora nos últimos anos tenha havido mais destaque para a capacidade de trabalho feminina no Turismo, ainda é necessário que apareçam mais oportunidades para que essas profissionais mostrem e desenvolvam seu trabalho.

Leia mais:
Ministério do Turismo lança pacote de ações para o desenvolvimento do Turismo Náutico
Rússia pode perder posto de membro da Organização Mundial do Turismo por causa da guerra contra a Ucrânia

Durante 2021, o setor de Viagens e Turismo gerou mais de 277 milhões de empregos em todo o mundo, o que demonstra o poder da indústria como ferramenta para gerar prosperidade, ao mesmo tempo em que cria empregos que apoiam especialmente mulheres, jovens e outros grupos muitas vezes marginalizados da sociedade.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre