Cidades

Direto de Ilhéus: Damares anuncia mutirão de recuperação de documentos para atingidos pelas chuvas

Reprodução/Philippe Lima

Ministra não compartilhou maiores informações sobre como o esforço concentrado funcionará e data para ação

Publicado em 28/12/2021, às 13h05    Reprodução/Philippe Lima    Lara Curcino e Marcos Maia

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou no final da manhã desta terça-feira (28) que um mutirão será realizado para viabilizar a recuperação dos documentos pessoais de cidadãos impactados pelas fortes chuvas registradas na Bahia.

O anúncio foi feito pela titular da pasta durante entrevista coletiva realizada em Ilhéus, Litoral Sul do Estado. Na ocasião, Damares não compartilhou maiores detalhes sobre como o esforço concentrado funcionará, e período em que a ação será realizada.

A iniciativa, de acordo com a ministra, será fruto de uma parceria entre a pasta que comanda, a Defensoria Pública da União (DPU), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a Caixa Econômica e a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP).

"Os benefícios individuais começam a ser anunciados, mas como as pessoas vão sacar sem documentos? A Defensoria da União com o ministério virá para a região em forma de mutirão. Especialmente, nossa preocupação são as crianças sem documentos", afirmou.

Neste mesmo sentido, o ministério, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), trabalhará focado na prevenção ao desaparecimento de crianças e circulação de menores desacompanhados - bem como sem documentação.

Além disso, um trabalho conjunto com o Governo Estadual, e governos municipais, também irão viabilizar assistência aos abrigos das regiões atingidas.

Damares também destacou que o Disque 100 está sendo usado para pedidos de socorro e registro de pessoas desaparecidas, além de servir como "porta de entrada" para atuação do ministério em toda região como um todo.

Conhecido como "Disque Direitos Humanos", o canal consiste em um serviço de disseminação de informações sobre direitos de grupos vulneráveis e de denúncias.

"Nosso disque 100 está funcionando em forma de WhatsApp. Já estamos recebendo muitas imagens - com enfoque especial no atendimento aos idosos, às crianças, pessoas com deficiência e povos tradicionais", acrescentou a ministra.

* A repórter viajou para Ilhéus para cobertura das enchentes no sul da Bahia.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre