Coronavírus

Infectologista Antonio Bandeira critica suspensão de visitas em hospitais em decorrência da Covid-19

Reprodução // Hospital Aeroporto

Suspensão de visitas foi anunciada nesta segunda-feira pela secretaria de Saúde do Estado

Publicado em 26/01/2022, às 17h43    Reprodução // Hospital Aeroporto    Redação BNews

Causou reação do renomado infectologista Antonio Bandeira o fato de a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia ter anunciado, nesta segunda-feira (24), a suspensão das visitas em todas as unidades de internação, sejam enfermarias ou em unidades fechadas como UTIs e Centro Cirúrgico, por conta do aumento do número de casos de Covid-19 em toda Bahia.

A determinação foi baseada na atualização do Centro de Operações de Emergência em Saúde, que visam orientar a população sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos na vigência durante a pandemia do novo coronavírus.

Leia mais: 

Vídeo: Edvaldo assume comando do PDT em Sergipe
Olavo de Carvalho será enterrado em pequena cidade do interior dos EUA
Tiroteio na Estação da Lapa assusta passageiros e comerciantes nesta quarta-feira

Em um post feito no Instagram do Hospital Couto Maia, onde consta o anúncio da medida, Bandeira comentou que se trata de "uma medida equivocada e vai de encontro a tudo que já sabemos da COVID-19".

Segundo o médico, "os pacientes sentem falta de apoio familiar e esse direito já foi estendido até para as UTIs. A COVID-19 não é diferente de tantas outras doenças que se transmitem por gotículas e por contato".

Antonio Bandeira ainda apontou uma possível solução: "Prover familiares com máscaras cirúrgicas, capa e luvas é suficiente para permitir a visita deles ao paciente. Imagine uma pessoa idosa, que conta somente com um familiar, ficar sozinho sem apoio psiquíco da família nesse momento tão difícil da vida. É cruel e desumano".

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre