Justiça

Justiça decreta prisão de diretora de escola denunciada por maus tratos a bebês

Reprodução/Redes sociais

Vídeos mostrando os supostos maus tratos circularam pelas redes sociais

Publicado em 23/03/2022, às 17h59    Reprodução/Redes sociais    Redação BNews

A Justiça decretou nesta terça-feira (22) a prisão temporária da diretora da escola infantil privada em São Paulo (SP) que é investigada por suspeita de maus tratos, submissão de crianças a vexame, constrangimento ou tortura, além de periclitação de vida, que consiste em colocar a saúde de menores em risco.  

O mandado de prisão foi expedido e a polícia buscou Roberta Regina Rossi Serme, de 40 anos, em sua residência, mas ela ainda não foi encontrada. Ela é também uma das sócias proprietárias da Escola de Educação Infantil Colmeia Mágica, na Vila Formosa. 

Leia mais:

A instituição foi fundada em 2002 e é destinada a crianças de 0 a 5 anos, do berçário ao ensino infantil. Vídeos que circularam nas redes sociais mostraram crianças amarradas em banheiro.

A defesa da diretora chegou a negar à imprensa a situação. O advogado André Dias afirmou que, possivelmente, alguma funcionária descontente forjou a cena para prejudicar a unidade. 

O Ministério Público (MP) informou, por meio de nota, que "as investigações prosseguem", mas que não poderia dar mais detalhes porque "o caso corre em segredo de Justiça".

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre