Entretenimento

Demitido, ex-apresentador famoso da Globo processa emissora e pede valor milionário

Motagem Bnews

ex-apresentador entrou com ação para pedir salários atrasados após substituição de Fátima Bernardes

Publicado em 29/01/2022, às 08h51    Motagem Bnews    Redação

Quem assiste a Globo, já percebeu que o jornalista Lair Rennó não faz mais parte do casting da empresa. Fora da emissora desde 2019, o apresentador, que foi demitido, entrou com um processo contra a ex-empregadora para cobrar os salários que estavam atrasados.

O jornalista, que apresentou o programa ‘Encontro’ entre 2014 e 2019, cobrou o salário substituição. Ele ficou no lugar de Fátima Bernardes enquanto a apresentadora estava de férias e de folga. No processo, Lair Rennó afirma que a Globo sonegou todos os direitos previdenciários ao trocar  o contrato dele que, inicialmente, era CLT, por pessoa jurídica (PJ) ainda em 2014. 

De acordo com a apuração do site Na Telinha, o valor que o jornalista pede como indenização está em cerca de R$ 4 milhões, porém, pode aumentar quando a emissora apresentar o valor que Fátima Bernardes recebe.

O processo de CLT para PJ é considerado fraudulento. Vale lembrar que o jornalista foi demitido em 2019. Rennó está sendo representado pelo mesmo advogado de Rachel Sheherazade - que moveu processo contra o SBT - André Froes de Aguilar. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre