Entretenimento

Monark é banido do YouTube após comentários nazistas

Divulgação

Monark foi convidado a se desligar do 'Flow' após acreditar que deveria exisir um partido nazista no Brasil

Publicado em 18/02/2022, às 10h51 - Atualizado às 11h12    Divulgação    Redação

Se a situação para Monark fora das plataformas digitais está complicada, no mundo midiático, ele não poderá mais dar as caras. Pelo menos no YouTube, o apresentador está banido da plataforma.

Através das redes sociais, Bruno Aiub explicou que foi avisado pelo YouTube que está proibido de monetizar o seu canal,  criar um novo e, até mesmo, utilizar de canais de terceiros devido à violação de  "políticas de responsabilidade do criador de conteúdo". 

A plataforma digital informou ao apresentador que seu canal não será monetizado por dentro indeterminado. No entanto, enquanto o canal estiver suspenso, ele não vai poder ter um novo para tentar burlar as restrições.

"Responsabilidade é prioridade máxima para o YouTube, é muito importante que os criadores de conteúdo usem sua influência com responsabilidade — dentro e fora da nossa plataforma", informou o YouTube para Monark.

No Twitter, tentando mostrar seu lado inocente, Bruno Aiub afirmou que estaria sendo perseguido pela plataforma por comentários políticos pessoais. "Liberdade de expressão morreu", disse.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre