Esporte

Sem Marta, Brasil empata com Espanha em preparação para a Copa América

Lucas Figueiredo / CBF

O amistoso realizado nesta quinta-feira (07) terminou em 1 x 0 entre Brasil e Espanha

Publicado em 07/04/2022, às 18h23    Lucas Figueiredo / CBF    FolhaPress

Em preparação para a Copa América, que começa em 8 de julho, na Colômbia, a seleção brasileira feminina empatou em 1 a 1 contra Espanha em amistoso nesta quinta-feira (7), no estádio Rico Perez, em Alicante, na Espanha. Os gols foram marcados na primeira etapa, por Alexia Putellas, pelo lado espanhol, e Geysa, para as brasileiras.

Foi o primeiro desafio da seleção brasileira sem Marta, que está afastada a realização de uma cirurgia. O confronto iniciou a segunda fase de amistosos em preparação para a Copa América. No torneio da França, realizado em fevereiro, o Brasil não conseguiu nenhuma vitória em três jogos. Foram uma derrota contra a França e dois empates contra o Holanda e Finlândia. O próximo desafio brasileiro é um amistoso contra a Hungria, na próxima segunda-feira (11).

Sem Marta, o Brasil encontrou dificuldades logo no início do jogo, e não conseguiu passar do meio de campo. E só bastaram oito minutos para Alexia Putellas mostrar porque é a atual melhor jogadora do mundo. Em cobrança de falta pela direita, a camisa 14 contou com o desvio na barreira para abrir o marcador.

Depois do gol, a equipe comandada por Jorge Vida teve muita liberdade para tocar no meio e avançar, enquanto o Brasil mostrou mais dificuldades para passar do meio de campo.

A seleção Roja quase foi ampliou aos 20 minutos. Depois de a Espanha roubar a bola no ataque, Bonmatí ajeitou para a direita na entrada da área, e chutou forte. Lorena saltou bem para espalmar, em uma grande defesa à queima-roupa.

O Brasil só conseguiu chegar à meta espanhola aos 23 minutos, em um contra-ataque puxado por Geyse. A atacante entrou na área, mas chutou em cima da goleira Paños, que encaixou sem dificuldade.

Aos 30 minutos, a Espanha teve mais uma chance, em jogada pela esquerda, Bonmatí tocou para Sarriegi, que dominou perto da área, mas chutou à esquerda do gol de Lorena.

Quando parecia que a Espanha iria para o intervalo em vantagem, o Brasil conseguiu empatar, aos 38 minutos do primeiro tempo. Em jogada pela esquerda, Ary Borges pedalou em cima da marcação e tocou para Geyse na entrada da pequena área. A atacante dominou de costas, girou e deu um biquinho na bola na saída de Paños.

Após o gol, a equipe de Pia Sundhage melhorou, conseguiu segurar um pouco mais a bola, mas não voltou a rondar o gol de Paños.

O time brasileiro voltou do intervalo apertando um pouco mais a marcação, tirando a liberdade no meio que a seleção espanhola teve durante quase toda a primeira etapa. Mas quem assustou primeiro foi a Espanha, aos dez minutos. Lançada na área, a meia Esther González dominou pela esquerda e chutou cruzado. A bola passou rente à trave de Lorena.

Leia também:

Com o empate e equilíbrio em campo, os dois corpos técnicos aproveitaram para fazer testes. Pia tirou Duda, Debinha, Angelina e Geyse para as entradas de Gabi Nunes, Adriana, Ingryd e Bia Zaneratto. Vilda mudou seis peças da equipe, inclusive promoveu a saída de Alexia Putellas, que embora tenha sido a autora do gol, teve uma participação apagada na partida.

A goleira Lorena fez uma grande defesa e impediu o que seria o segundo gol da Espanha, aos 26 minutos. González dominou dentro da área, girou para a esquerda e chutou forte de canhota. Lorena fez uma ponte e espalmou a bola por cima do gol.

Em boa jogada coletiva, a Espanha voltou a assustar apenas aos 40 minutos. Depois de passar por quase todas as jogadoras, a bola chegou aos pés de Esther Gonzáles no meio da área. Ela chutou forte, mas errou o alvo.

O Brasil respondeu com a estreante Gabi Portilho, que tinha acabado de entrar no lugar de Ary Borges. Na primeira chance, ela chutou por cima do gol de Paños. No minuto seguinte, aos 44 minutos, ela driblou a marcação na entrada da área, mas, de novo, errou o alvo.

ESPANHA Sandra Paños, Ona Battle, Ivana Andrés, María León (Irene Paredes), Leila Ouahabi (Esther González), Laia Aleixandri, Aitana Bonmatí, Alexia Putellas (Claudia Zornoza), Lucía García (Sheila García), Claudia Pina (Olga Carmona), Amaiur Sarriegi (Bárbara Latorre). T.: Jorge Vida.

BRASIL Lorena; Letícia Santos, Antonia, Tainara e Tamires; Angelina (Ingryd), Debinha (Adriana) e Ary Borges (Gabi Portilho); Kerolyn, Geyse (Bia Zanerato) e Duda (Gabi Nunes). T.: Pia Sundhage

Estádio: Rico Pérez, em Alicante (ESP) Árbitra: Rebecca Welch (ING) Cartões amarelos: Kerolin, Duda Santos, Angelina, Geyse, Letícia Santos (BRA); Amaiur Sarriegi e Laia Aleixandri (ESP) Gols: Alexia Putellas (ESP), aos 8', e Geyse (BRA), aos 38' do 1º tempo

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre