BNews Nordeste

Morte de menina de 4 anos por garoto de 11 anos é investigada pela polícia

Reprodução - Polícia Civil Piauí

A vítima foi atingida por diparo de espingarda, mas não se sabe se foi acidental ou proposital

Publicado em 24/05/2022, às 07h47    Reprodução - Polícia Civil Piauí    Redação BNews

A Polícia Civil do Piauí investiga a morte de uma menina de 4 anos que foi baleada por um menino de 11 anos, no dia 15 de maio, em uma residência na localidade de Água Brava, zona rural de Guaribas, município a 658 km de Teresina. O disparo foi feito por uma espingarda. Não há informações sobre o parentesco entre as crianças.

De acordo com o G1, as investigações também buscam elucidar se o disparo foi acidental ou proposital. “O primeiro questionamento é sobre o acesso à arma, precisamos comprovar se algum familiar tinha registro, autorização para possuir ou portar a arma utilizada. O segundo questionamento é sobre a situação das duas crianças, precisamos constatar se elas estavam sozinhas na casa, se houve omissão de cautela ou não”, informou o delegado Marcelo Barreto, do 1º Distrito Policial de São Raimundo Nonato. “E um terceiro e importante questionamento é se houve um homicídio, se o disparo foi efetuado com a intenção de ferir, matar”, acrescentou.

Leia mais:

Motoboy é roubado e alvejado por homem que se passava por passageiro

Diversas espécies de animais silvestres são soltas na Caatinga

Madrasta confessa que atirou criança do 4º andar

A arma utilizada pela criança foi apreendida e um laudo de exame pericial do material bélico foi solicitado, segundo informações do delegado. A Polícia Militar e Perícia Criminal também estiveram no local da ocorrência. "No local, foram coletados inclusive os documentos das pessoas que estavam presentes após a chegada da polícia. As oitivas estão sendo realizadas para esclarecer as circunstâncias em que tudo aconteceu. O que temos é a certeza de que houve uma morte", completou Marcelo Barreto.

Na manhã desta segunda-feira (23), o pai da vítima esteve na Delegacia Especializada da Mulher, responsável pela investigação do caso, para prestar depoimento.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre