Política

Justiça manda quebrar sigilo bancário de Milton Ribeiro

Divulgação

Período do afastamento do sigilo bancário de Milton Ribeiro é entre janeiro de 2020 e abril de 2022

Publicado em 23/06/2022, às 14h08    Divulgação    Redação BNews

O juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal do Distrito Federal, determinou a quebra do sigilo bancário do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, de sua mulher Myriam Ribeiro e dos outros alvos da investigação sobre suspeitas de corrupção no Ministério da Educação.

De acordo com o jornal O Globo, o período do afastamento do sigilo bancário é entre janeiro de 2020 e abril de 2022. Também foram alvos das quebras os pastores-lobistas Arilton Moura e Gilmar Santos, além de personagens ligdos a eles.

O objetivo da medida é aprofundar as suspeitas de pagamentos de propina em troca da obtenção de favorecimentos no MEC.

Leia também:

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre