Big Brother Brasil (BBB) / BBB22

Com rejeição no BBB 22, Rodrigo ganha apoio do público em meio ao risco de ir ao paredão

Divulgação

Apesar de ter se tornado alvo da casa, Rodrigo ganha apoio do público por movimentar o jogo

Publicado em 28/01/2022, às 08h52    Divulgação    Redação

Rodrigo já está vendo o paredão batendo na porta depois que Tiago Abravanel ganhou a liderança nesta quinta-feira (27). Com certa rejeição na casa, por se indispor com diversos participantes e pelo papo excessivo sobre jogo, o gerente comercial acaba de ganhar uma sobrevida no reality.

Revoltado com o clima de paz no programa, que gerou uma campanha contra brothers que propuseram o "BBB do amor", o público decidiu apoiar o paulista. Nas redes sociais, a hashtag #FicaRodrigo se tornou repentinamente um dos assuntos mais comentados.

Leia também

Nas publicações, internautas defendem a permanência dele no programa, justamente pelo fato de querer movimentar o jogo. "Cara eu fico besta como as pessoas não decidem o que querem, ficam a semana toda falando que o BBB tá chato, mas querem cancelar as únicas pessoas que estão tentando movimentar o jogo, vai entender", disse um internauta também se referindo a Natália, que gerou o maior caos na última festa.

Do céu ao inferno
Para quem não lembra, Rodrigo já foi o queridinho dos amantes do BBB 22 por ser um dos mais sensatos no início do programa. O paulista chegou a virar crush de Anitta, que não escondeu o interesse pelo brother, e passou a apoiar o comportamento dele na casa.

No entanto, com o passar dos dias, ele acabou se envolvendo em algumas polêmicas, a maior delas, quando usou no programa os termos pejorativos "traveco" e "nego". Até mesmo Ana Maria Braga criticou o comportamento do gerente comercial, principalmente por ter xingado uma participante durante uma festa.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre