Eleições / Eleições 2022

Após Gualberto, outro cotado a vice de ACM Neto joga a toalha e deixa caminho aberto para Nilo; veja o cenário

Vagner Souza/Arquivo BNews

Disputa para vice agora fica entre três nomes e dois partidos

Publicado em 03/04/2022, às 19h05    Vagner Souza/Arquivo BNews    Victor Pinto e Eliezer Santos

O presidente nacional do PDT na Bahia, deputado Félix Mendonça Jr, está fora da briga pela vice de ACM Neto (UB) na disputa ao governo do estado. Pelo WhatsApp, o pedetista começou a informar a amigos e aliados, neste domingo (3), que concentrará energia na sua campanha de reeleição.

Leia também:

“Amigos, a partir desta próxima semana o foco será conversar com amigos, viajar e viabilizar as nominatas do partido e, naturalmente, minha própria candidatura a deputado, assim sendo a partir de amanhã deixarei de participar de diversos grupos no WhatsApp! Fico a disposição de todos, grande abraço”, escreveu.

Félix é o segundo nome a jogar a toalha entre os que tinham a ambição de estar na majoritária. Quem também está fora do radar é João Gualberto (PSDB), prefeito de Mata de São João, que, por não ter se desincompatibilizado do cargo até este sábado (2), está impedido para a função.

Sem Félix e Gualberto, a disputa fica entre Márcio Marinho, Marcelo Nilo [ambos do Republicanos] e Zé Ronaldo (União Brasil).

Veja mais:

Marinho, presidente do Republicanos na Bahia, já afirmou que “não há possibilidade nenhuma de o Republicanos não estar na chapa de ACM Neto”

Zé Ronaldo, apesar da relação de confiança com ACM Neto, também está filiado ao União Brasil, o que inviabiliza a representatividade de legendas aliadas na chapa.  

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre