Entretenimento

Novo circuito para Carnaval de Salvador é cogitado em reunião com Bruno Reis; entenda

Carol Garcia/GOVBA

Novo circuito pode ser via de acesso para outros blocos de Salvador

Publicado em 14/12/2021, às 12h08    Carol Garcia/GOVBA    Redação

Mesmo com a especulação do Carnaval de Salvador não ocorrer em 2022 por conta da Covid-19 que segue circulando pela capital baiana, o festejo ainda é motivo de reuniões entre prefeitura e governo, além de outros envolvidos na festa momesca.

Marcelo Britto mantém esperança por Carnaval em 2022 e revela plano B para folia acontecer
Carnaval: Presidente da Associação de Eventos diz que há "preconceito com o setor"
Solange Almeida é contra Carnaval em 2022: "retroceder é complicado"


Esse é o caso da conversa que vai ocorrer na tarde desta terça-feira (14), a partir das 15h30, com os representantes da Liga dos Blocos Afros, Unesamba (União das Entidades de Samba da Bahia) e Associação dos Blocos de Trio junto com o prefeito Bruno Reis (DEM). 


Na reunião, a pauta principal, além da vírus, será a importância da população que não vai ser contemplada com os camarotes indoor que irão realizar diversos eventos durante os dias do Carnaval, entre 24 de fevereiro ao dia 2 de março. Alguns já confirmaram os locais e artistas que vão se apresentar nas festas privadas.

Carnaval 2022: Camarote Salvador só aceitará vacinados
Carnaval 2022: Camarote Salvador lança mega espaço em outro local da capital baiana


Entidades carnavalescas vão pedir, além da participação do povo negro, uma outra alternativa, ou melhor, um local para que a população possa curtir, como o circuito no Comércio. O projeto pretende ter evento nas Avenidas da França e Estados Unidos, com entrada restrita para quem vai ficar na pipoca e quem vai para os blocos afros. 


“As vias de acesso ao circuito serão fechadas com portões, permitindo a passagem apenas do folião que fizer o cadastro digital prévio, com comprovação do ciclo vacinal completo. Além disso, todos os protocolos previstos nos decretos municipais e estaduais serão cumpridos, como a limitação de pessoas”, explica a nota.


Além da conversa com o gestor municipal, os representantes também pretendem colocar a pauta com o governador do estado, Rui Costa (PT), para tentar uma autorização.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre